NOTÍCIAS

Redução de desperdícios nas empresas: conheça o Lean Manufacturing

25 de agosto de 2020

O Lean Manufacturing é uma estratégia de negócios focada em alcançar a eficiência por meio da redução de desperdícios. Embora esse conceito não seja novo, ele continua cada vez mais relevante – especialmente na era digital, em que novas tecnologias podem tornar as organizações mais enxutas do que nunca.

Quando bem aplicada, a metodologia Lean Manufacturing contribui para aumentar a competitividade e impulsionar o crescimento da organização. Afinal, a redução dos desperdícios permite a criação de um ambiente operacional de baixo custo e enxuto – que alcança resultados consistentes com um consumo menor de recursos.

Quer entender melhor como é possível alcançar a redução de desperdícios com o Lean Manufacturing? Confira neste artigo.

O que é Lean Manufacturing?

Os princípios do Lean Manufacturing se concentram na eliminação de desperdícios de todo o ciclo de vida do produto ou serviço. O objetivo é fornecer níveis ideais de valor para o cliente e, ao mesmo tempo, maximizar a lucratividade.

Considera-se desperdício como qualquer atividade ou recurso que não ajuda a criar valor. Isso inclui tempo, esforço, matéria-prima e estoque em excesso. Também pode envolver etapas de processo desnecessárias, habilidades desperdiçadas e sistemas lentos ou desatualizados. Esses problemas afetam a eficiência e o desempenho – o que interfere tanto o resultado final entregue para o cliente quanto o desempenho interno.

Eliminar o desperdício pode ajudar sua empresa a:

  • Reduzir os prazos de entrega
  • Reduzir os custos operacionais
  • Diminuir os riscos
  • Melhorar a qualidade dos processos
  • Aumentar o sucesso e a sustentabilidade do negócio

Quais são os tipos de desperdícios?

Aplicar o Lean Manufacturing começa com a redução de desperdícios para que seja possível se concentrar no que agrega valor ao seu processo. Para isso, é importante conhecer os tipos de desperdícios e como eles afetam seu negócio:

  1. Provavelmente o tipo de desperdício mais visível, os defeitos são falhas nos produtos ou serviços que comprometem o resultado final – custando dinheiro e gerando a necessidade de retrabalho.
  2. Superprodução. Embora pareça uma boa ideia produzir grandes quantidades de produtos, as necessidades do cliente mudam constantemente e o mercado flutua com ainda mais frequência. A superprodução causa excesso de estoque, o que leva a despesas de armazenamento.
  3. A espera é um subproduto de muitos tipos de desperdício gera a lentidão de todo o processo – criando os famosos gargalos. Na área da saúde, isso pode representar uma sala de espera cheia. Na fabricação, pode gerar um alto tempo de inatividade do maquinário. Na manutenção, pode comprometer o tempo de entrega ao cliente.
  4. Talento não utilizado. Muitas vezes esquecido como uma forma de desperdício, não usar seus funcionários em todo o seu potencial (talentos ou habilidades) pode ter um grande efeito nos resultados obtidos. Por outro lado, saber como explorar a capacidade da equipe pode maximizar a produtividade.
  5. Este desperdício é atrelado ao transporte dispensável de materiais, funcionários e informações no processo. Quanto menos tempo é gasto nesses processos, maior será a produtividade obtida.
  6. Semelhante à superprodução, o desperdício de estoque acontece quando ocorre o armazenamento excessivo de insumos, matérias-primas, produtos intermediários e produtos acabados.
  7. Movimentos desnecessários. O movimento desnecessário de pessoas, máquinas ou itens que não agregam valor gera uma grande perda de tempo. Exemplos comuns desse problema incluem funcionários que perdem tempo procurando equipamentos ou espaços de trabalho mal projetados.
  8. Processamento extra. O processamento extra refere-se à adição de etapas de trabalho que não são necessárias. Ou seja, ocorre uma falta do cumprimento de uma sequência lógica de funcionamento do processo – tornando as atividades menos eficientes.

Como você pode aplicar a redução de desperdícios?

Você quer levar a redução de desperdícios para a sua empresa? Então confira os 5 princípios que guiam o Lean Manufacturing:

  1. Defina valor. Primeiro, procure entender o valor que os clientes atribuem aos seus produtos ou serviços. Saber quanto eles estão dispostos a pagar ajuda você a definir um orçamento de produção. Idealmente, você deseja entregar o valor esperado ao cliente com o menor custo possível para o seu negócio.
  2. Mapeie o fluxo de valor. Cobre todo o ciclo de vida do produto ou serviço, desde a concepção até a conclusão. Ao mapear o fluxo de valor, você pode identificar onde o valor é adicionado. Em seguida, elimine quaisquer etapas, ações ou recursos que não contribuam com valor.
  3. Crie um fluxo contínuo. Você deseja que seu fluxo de valor flua de maneira uniforme e consistente. Quaisquer gargalos criam desperdícios. Garanta que todos os processos no ciclo de vida do produto ou serviço sejam simplificados e fluam uniformemente de um para o outro.
  4. Estabeleça produção puxada. O estoque é uma das maiores fontes de desperdício potencial. Limite o estoque e itens de trabalho em andamento para apenas aqueles diretamente exigidos pelo cliente (ou seja, pedidos do cliente). Idealmente, vise a entrega just-in-time, nas quantidades exatas necessárias, para remover o desperdício.
  5. Busque a perfeição. Em sua essência, o Lean Manufacturing se concentra na criação de uma cultura de melhoria contínua. Você precisa monitorar e medir cada processo com cuidado. Com uma imagem clara de onde você está, você pode encontrar continuamente maneiras de reduzir esforço, tempo, custo e erros.

Os benefícios de se tornar enxuto

Existem muitos benefícios na implementação de uma estratégia de Lean Manufacturing. Quando o desperdício é minimizado, os lucros geralmente aumentam e os clientes são atendidos com mais eficiência, promovendo parcerias de longo prazo. Os funcionários podem se tornar mais qualificados e eficazes, enquanto o meio ambiente também pode ser protegido por meio de práticas como reciclagem e eficiência energética.

Por isso, implementar a redução de desperdícios é uma ótima forma de alcançar o crescimento sustentável. E, para colocar isso em prática, você tem uma grande aliada: a tecnologia.

Com o uso de soluções digitais, é possível obter mais informações e tomar controle total sobre os processos desenvolvidos na sua empresa. Dessa forma, você tem condições de identificar desperdícios e otimizar constantemente o fluxo de atividades.

A SAT possui as soluções ideais para ajudá-lo a resolver problemas através da tecnologia. Entre em contato com a nossa equipe e descubra como podemos ajudá-lo a implementar a redução de desperdícios.