NOTÍCIAS

Como prolongar a vida útil das ferramentas

Como prolongar a vida útil das ferramentas

19 de Janeiro de 2021

As ferramentas usadas pela equipe de manutenção são vitais para um trabalho bem feito, certo? Porém, precisamos considerar que muitas delas podem ter um custo considerável – e substituir as ferramentas com frequência pode afetar o orçamento da empresa. Levando isso em consideração, surge a questão: como prolongar a vida útil das ferramentas?

Ao adotar boas práticas, é possível prolongar a vida útil das ferramentas e maximizar sua eficiência. E isso é fundamental quando consideramos que as ferramentas não apenas garantem a capacidade de operação da empresa, mas também aumentam os resultados financeiros ao contribuir para a produtividade da empresa.

Por outro lado, quando os equipamentos passam por um tempo de inatividade, isso pode ser desastroso porque esse tempo de inatividade leva à perda de horas de trabalho e reduz drasticamente a eficiência da força de trabalho. E a última coisa que você deseja é enfrentar essa realidade pela ausência de ferramentas, não é?

Neste artigo vamos conferir algumas dicas para prolongar a vida útil das ferramentas. Confira!

Benefícios de prolongar a vida útil das ferramentas

Ao prolongar a vida útil das ferramentas, sua empresa obtém uma série de benefícios importantes:

  • Diminuição do tempo de inatividade. Quando você garante a disponibilidade das ferramentas adequadas, os serviços de manutenção podem ser executados com agilidade – reduzindo o tempo de inatividade na produção.
  • Aumente da eficiência operacional. Com as ferramentas certas em mãos, sua equipe não fica mais ociosa e pode trabalhar com eficiência – aumentando a produtividade.
  • Reduza custos. Ao prolongar a vida útil das ferramentas, é necessário fazer compras e reparos emergenciais com menos frequência. Assim, ocorre uma redução nos custos.

9 dicas para prolongar a vida útil das ferramentas

1. Agende inspeções regulares para ficar em dia com desgaste e depreciação

Uma programação de manutenção planejada pode ajudar a prever problemas a tempo. Inspecionar as ferramentas periodicamente e monitorar a taxa de desgaste ou envelhecimento ajuda a identificar a necessidade de reparos e substituições que, de outra forma, podem passar despercebidos.

Sempre realize manutenção preventiva regular em vez de reativa. Não espere até que sua ferramenta quebre para pensar nos reparos. Realize manutenção regular para ajudar a evitar que seu equipamento pare durante projetos críticos, quando você mais precisa.

2. Mantenha as ferramentas sempre limpas

Conforme as ferramentas são utilizadas, é natural que elas fiquem sujas, certo? Porém, é importante dedicar um tempo para limpá-las ao final do dia de trabalho – antes que voltem ao seu local de armazenamento. Isso garante que elas estejam sempre em boas condições de uso e não tenham seu tempo de vida útil encurtado por sujeira, corrosão, formação de ferrugem e outras complicações inesperadas.

3. Lubrifique as ferramentas com frequência

A lubrificação desempenha um papel importante na manutenção das ferramentas que possuem peças móveis. Sem uma boa lubrificação, essas ferramentas estão suscetíveis a falhas e perdem tempo de vida útil.

A lubrificação reduz o atrito nas peças móveis, aumenta a eficiência da ferramenta e estende sua vida útil. Entretanto, é sempre importante certifique-se de usar o lubrificante certo porque diferentes ferramentas vêm com recomendações diferentes do fabricante.

4. Armazene as ferramentas em segurança quando não estiverem em uso

Quando não estiverem em uso, as ferramentas devem ser armazenadas com cuidado em um ambiente limpo, onde não sejam expostas a condições climáticas adversas. Isso evitará que as ferramentas enferrujem ou apodreçam devido à umidade, contaminação ou condensação.

Além disso, certifique-se de que as ferramentas não fiquem paradas por muito tempo, utilizando-as periodicamente. Dessa forma, você mantém os componentes lubrificados e funcionando em boas condições.

5. Verifique sinais de desgaste regularmente

Inspecionar suas ferramentas com regularidade é uma ótima maneira de evitar paralisações desnecessárias. Dessa forma, você se prepara para fazer reparos necessários ou para adquirir novas ferramentas com antecedência.

A verificação dos desgastes é especialmente essencial antes de ir para um local de trabalho remoto, onde as peças de reposição podem não estar por perto.

6. Siga sempre as instruções do fabricante

Sempre siga as instruções do fabricante da ferramenta – afinal, os fabricantes sabem como ninguém como prolongar a vida útil das ferramentas. Uma cópia em papel deve ser entregue a você no momento da compra – mas muitos fabricantes também disponibilizam as informações em seus sites.

Algumas coisas a considerar são:

  • Prazos sugeridos para manutenção
  • Agentes de limpeza para usar ou não usar
  • Instruções sobre substituição ou reparo quaisquer peças quebradas

7. Faça um registro dos ciclos de uso das ferramentas

O registro dos ciclos de uso das ferramentas pode levar a insights valiosos sobre as melhores formas de prolongar a vida útil das ferramentas. Com base nos dados coletados sobre o uso das ferramentas, é possível realizar análises sobre o tempo médio da vida útil e identificar quais fatores aumentam (ou diminuem) a vida útil.

8. Controle o acesso às ferramentas

Uma das causas que podem levar a uma redução da vida útil das ferramentas é a falta de controle sobre elas – que causam o extravio e uso incorreto. Portanto, controlar o acesso às ferramentas garante que os funcionários façam bom uso dos materiais e retornem ao local correto adequadamente.

9. Utilize a tecnologia ideal para ajudá-lo

Quando falamos sobre prolongar a vida útil das ferramentas, não podemos deixar de lado a grande contribuição feita pela tecnologia. Atualmente, você pode usar soluções digitais para automatizar o empréstimo e devolução de ferramentas – auxiliando na organização da sua empresa. Com isso, você ganha controle total sobre as ferramentas e pode trabalhar para prolongar sua vida útil.

 

Você gostou das dicas para prolongar a vida útil das ferramentas? Quer levar a tecnologia para a sua empresa? Então conheça o SAT Tools – um sistema simples e ordenado para gerenciar as ferramentas da sua empresa.